Que comece a operação 2011 no Galo!

O ano de 2009 terminou de forma melancólica, mas as esperanças logo foram renovadas graças à contratação de Vanderlei Luxemburgo, que trazia consigo um projeto grandioso. Entretanto, o papel aceita tudo, ou seja, na teoria dito projeto era magnífico, o que não se mostrou na prática. Felizmente, para a Massa, havia um Neymar no caminho, que ao ser o estopim da demissão de Dorival Júnior no Santos, criou a oportunidade para que Alexandre Kalil efetuasse a troca de treinadores. Este treinador pegou um elenco rachado, desmotivado, cheio de jogadores no departamento médico, praticamente entregue e fazendo as vezes de treinador e psicólogo conseguiu reverter um quadro tenebroso e quase irreversível.

A trajetória de Luxemburgo no Galo contou com diversos erros, que de maneira nenhuma podem ser repetidos em 2011. Primeiro, uma comissão técnica deveras exagerada, que não só onerou a folha de pagamento alvinegra, como também gerou mal-estar entre os profissionais que já trabalhavam no Atlético. Segundo, por várias temporadas a diretoria Atleticana vem assistindo seus rivais se reforçarem e montarem seus elencos já em janeiro, enquanto o Galo demora a se reforçar em posições carentes no seu elenco. Assim, é preciso que diretoria e comissão técnica trabalhem já no início do ano, de forma que tenhamos um elenco já estruturado em janeiro e não tentar consertar o avião em pleno vôo. Terceiro, não se deve dar superpoderes a nenhum treinador, quem quer que ele seja. Quarto, não se deve permitir que entre no elenco jogadores protegidos dos técnicos, uma vez que estes não sairão do time, mesmo em má fase técnica. Meritocracia já! Quinto, diretoria e comissão técnica precisa ter pulso firme em relação a baladas de jogadores, o que ocorreu em excesso este ano. Sexto, mas não menos importante, devem ser contratados reforços pontuais, para as posições carentes do elenco e estes jogadores devem ser de primeira linha, que cheguem e joguem. Para completar o elenco é preferível usar as categorias de base a trazer jogadores que não estão mais interessados em serem jogadores profissionais.

O aproveitamento espetacular de Dorival Júnior deixa um alento que 2011 possa ser melhor do que o ano de 2010. Mas a torcida quer mais que um alento. Quer que o melhor CT do Brasil, o melhor diretor de futebol, o treinador mais vitorioso deste ano se traduzam em resultados positivos. Graças o trabalho duro e sério de Dorival Júnior, uma tragédia foi evitada e 2010 já ficou para trás. Agora é momento de alívio para a torcida, e tão apenas isto, pois 2011 já vem virando a esquina.

Força, Galo!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s